Submissão

Brazilian Journal of Health and Pharmacy

Normas para Submissão

Antes de iniciar o processo de submissão, os Autores devem verificar a conformidade de todos os itens listados a seguir. Submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos Autores. Brazilian Journal of Health and Pharmacy segue as regras dos “Requisitos Uniformes para Manuscritos Apresentados a Periódicos Biomédicos” (Norma de Vancouver).

Encaminhar junto ao manuscrito, carta ao Comitê Editorial contendo a justificativa da originalidade e importância do trabalho.

Manuscritos deverão ser enviados para o e-mail: bjhp@crfmg.org.br

ITEM

INSTRUÇÃO

Condições

Serão aceitos trabalhos escritos em inglês ou português. Trabalhos submetidos em inglês terão preferência e deverão ter título e resumo também em português.

Manuscrito deve ser original e inédito e não estar sob revisão ou submetido para publicação em outra revista.

Figuras, imagens e cópias de documentos (ex: CEUA, CEP, SIGEP) devem estar anexados individualmente em arquivos separados. Para tabelas é opcional no texto ou em separado.

Para artigos de revisão, os itens metodologia e resultados deixam de ser obrigatórios.

Formatação Geral do Manuscrito

Redação em coluna única.

Fonte Times New Roman

Regular, exceto quando indicado para negrito ou itálico

Tamanho 12

Justificado

Espaço duplo

Papel A4, margens direita, esquerda, superior e inferior de 3cm e páginas numeradas.

Citações de artigos no texto: sobrenome em letras maiúsculas seguido de vírgula e ano. Para dois autores colocar vírgula entre eles. Para três ou mais autores, colocar o sobrenome do primeiro autor seguido do "et al.“ seguido de vírgula e ano.

Título

Na língua oficial do artigo: português ou inglês

Negrito

Inicial apenas da primeira palavra em letra maiúscula, exceto para nomes próprios e científicos

Título na segunda língua: inglês ou português

Autores

Sobrenome em caixa alta, seguido de vírgula e iniciais dos nomes separados por ponto (sem espaço). Autores separados por ponto e vírgula e algarismo arábico sobrescrito após cada autor, indicando a instituição.

Indicação de autor correspondente por asterisco.

Filiação

Numerada contendo nome da instituição vinculada, cidade, unidade da confederação, país.

Autor Correspondente

Indicado por asterisco contendo nome completo, endereço, e-mail e telefone de contato.

Resumo/Abstract/Palavras-chaves/keywords

Em português e em inglês.

Máximo 260 palavras, contendo breve introdução que justifica a hipótese do trabalho, objetivo(s), principais métodos com detalhamento mínimo ao entendimento do trabalho realizado, resultados mais relevantes e conclusão. Indicar ao final de três a seis palavras-chaves e keywords.

Introdução

Breve revisão da literatura justificando a hipótese, relevância e inovação do trabalho. Informar os objetivos do trabalho ao final. Recomenda-se no máximo duas laudas.

Metodologia

Descrição dos métodos e protocolos utilizados, de modo a permitir sua reprodução, podendo remeter a artigo já publicado da metodologia. Deve conter número de aprovação em comitês de ética de pesquisa em humanos ou animais, quando for o caso. Autorização de órgão competente (SISGEN no Brasil) para materiais biológicos e de origem natural. Os materiais deverão ser informados à medida que apareçam nos métodos. Denominação genérica ou IUPHAR para fármacos e IUPAC para reagentes químicos.

Resultados

Apresentados seguindo sempre que possível a ordem apresentada na metodologia. Sequência lógica que permita o entendimento da construção dos resultados. O texto não deve repetir ou duplicar os resultados de figuras e tabelas. Figuras, tabelas e/ou imagens enviadas em arquivos separados com numeração em algarismos arábicos de acordo com a sua citação no texto. O formato utilizado poderá ser JPEG ou TIFF. Legendas ao final no documento principal, após as referências. Título das tabelas acima da tabela e a sua legenda incluindo dados de abreviaturas e informações do teste estatístico, quando for o caso, abaixo da ultima linha da tabela.

Discussão

Junto ou separado do item resultados. Apresentar a relevância e inovação dos dados obtidos à luz da literatura. Recomenda-se no máximo três laudas.

Conclusões

Redigida ressaltando o atendimento à hipótese inicial, sua importância e perspectivas.

Referências Bibliográficas

Recomenda-se no máximo 50 citações em todo o trabalho.

O estilo e formato das referências são baseados no Instituto Nacional Americano de Normas e Estilo adaptado pela National Library of Medicine NLM, para seus bancos de dados. Os Autores devem consultar: Patrias K. Citing medicine: the NLM style guide for authors, editors, and publishers [Internet]. 2nd. ed. Wendling DL, technical editor. ethesda (MD): National Library of Medicine (US); 2007 [updated 2009 Jan 14]: http://www.nlm.nih.gov/citingmedicine. 

Citar nome de todos os autores do artigo: sobrenome seguido de vírgula e iniciais dos nomes separados por ponto (sem espaço). Separar os autores por ponto e vírgula. Titulo do artigo com a inicial somente da primeira palavra maiúscula, exceto para nomes próprios e científicos. Nome abreviado do periódico seguido de vírgula, volume (número) dois pontos: página incial e final, ano.

Exemplo:

FURLAN, M.R.; MARTINS, R.C.C.; RODRIGUES, E.; SCALCO, N.; NEGRI, G.; LAGO, J.H.G. Variação dos teores de constituintes voláteis de Cymbopogon citratus (DC) Staf, Poaceae, coletados em diferentes regiões do Estado de São Paulo. Rev. Bras. Farmacogn., 20(5): 686-691, 2010.

Citações de documentos on line devem conter o link ao final e data do acesso pelo autor.

Citações de livros, somente quando não houver artigo publicado correspondente.

Documentos de dissertações e teses podem ser citados desde que estejam em repositório público.

Trabalhos sem indexação ou sem disponibilidade de acesso público não devem ser utilizados.

Agradecimentos e financiamento institucional

Indicar nomes de pessoas que contribuíram em algum aspecto com o trabalho, mas que não participaram como autores. Informar as instituições financiadoras contendo número do projeto ou bolsa, quando for o caso.

Declaração de conflito de interesse

Indicar quando houver conflito de interesse incluindo informações mínimas necessárias para o seu entendimento. Escrever “nada a declarar”, quando não for o caso.