The pharmaceutical professional activity of graduated from Universidade Federal de Minas Gerais over time
Revista V3.N3
pdf (English)

Palavras-chave

Farmácia
Educação
Educação continuada

Resumo

O objetivo deste artigo é verificar mudanças na atuação profissional do farmacêutico ao longo do tempo, levando em consideração a área de atuação, o período de graduação, a relação profissional e a formação continuada. Foram utilizados dados obtidos em entrevista online respondida por 491 farmacêuticos graduados pelo curso de Farmácia da UFMG. Nos quatro períodos de graduação analisados, a área de saúde pública foi a mais prevalente entre os formandos até 1989 e, no período de 2000-2009, a farmácia comunitária ou drogaria foi a maior categoria entre os formandos de 1990 a 1999 e a farmácia hospitalar foi a área central de atuação dos diplomados no período 2010-2017. Enquanto os servidores públicos representavam quase todos os trabalhadores da saúde pública, o contrato de CLT prevalecia na maioria dos farmacêuticos da indústria e nas farmácias ou drogarias. O maior índice de farmacêuticos com mestrado ou doutorado foi obtido entre os formandos no período 2000-2009. A proporção de mestres/doutores entre os que atuam em instituições de ensino ou pesquisa era muito maior do que nas demais áreas. É necessário monitorar a mudança de desempenho profissional. Assim, as instituições de ensino devem fomentar ações em áreas relevantes, como a saúde pública, e não apenas no mercado privado.

pdf (English)