Análise farmacoeconômica das apresentações de somatropina
Capa Revista Cientifica BJHP V1 N2 2019
PDF

Palavras-chave

somatropina
assistência farmacêutica
mercado farmacêutico público
saúde pública

Resumo

A somatropina faz parte do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica desde 2003, sendo que até 2017 eram disponibilizadas no Sistema Único de Saúde apenas as apresentações de 4UI e 12UI, apesar de dois laboratórios oficias terem realizados parcerias para o desenvolvimento produtivo onde comercializariam apresentações de 16UI e 36UI junto ao Ministério da Saúde durante sua transferência de tecnologia. Neste estudo verificou-se que as apresentações 16UI e 36UI são economicamente mais interessantes para o SUS, do que as de 4UI e 12UI, e caso o MS adquirisse nos próximos 10 anos às apresentações 4UI e 12UI teria um gasto de 6,7 vezes maior do que se fossem adquiridas as apresentações 16UI e 36UI, correspondendo a um gasto a mais de R$ 402,1. Essa substituição teria um impacto no número de ampolas desperdiçadas, uma vez que o desperdício das apresentações de 4UI e 12UI é de 6,12 vezes maior comparado às de 16UI e 36UI. Após a apresentação do referido estudo no III Simpósio Internacional de Imunobiológicos em 2016 e o envio de uma nota técnica sobre o assunto, o Ministério da Saúde aumentou o número de apresentações de somatropina para sete (4UI, 12UI, 15UI, 16UI, 18UI, 24UI e 30UI) sendo a aquisição é referenciada para qual empresa apresentar menor valor de UI, evitando desperdício de recursos públicos do Sistema Único de Saúde.

PDF