Fatores de risco da gravidez tardia
pdf

Palavras-chave

Complicações na Gravidez
Gestação de alto-risco
Gravidez
Idade Materna

Resumo

Atualmente, a participação feminina está ampliada em todas as esferas da vida, com isso, o abandono do protótipo patriarcal e do casamento prematuro se tornam cada dia mais comuns, pois as mulheres visam a conquista da independência financeira, as oportunidades de emprego e a decisão de querer ou não ter filhos. Dessa maneira, entende-se o porquê da diminuição de natalidade e do adiamento da maternidade. Objetivo: Abordar fatores pelos quais as mulheres têm escolhido adiar a maternidade e as dificuldades e consequências que isso pode resultar. Materiais e Métodos: Trata-se de uma revisão bibliográfica narrativa, exploratória e descritiva. Foram utilizados teses, periódicos, livros e artigos que podem ser encontrados em sites científicos. Resultado e Discussão: De acordo com os estudos encontrados, as mulheres têm adiado a gravidez por conseguir ampliar sua participação na sociedade e no mercado de trabalho associada à existência de mais recursos para controle da natalidade. A gestação após os 35 anos de idade é insegura para mulher e para o feto, pois esses podem sofrer complicações uma vez que a fertilidade da mulher começa a diminuir, aumentando a probabilidade de síndromes congênitas e macrossomias fetais, assim como é maior a possibilidade de a gestante desenvolver diabetes mellitus gestacional, hipertensão arterial gestacional e pré- eclâmpsia. Conclusão: Diante dos estudos abordados é possível afirmar que a priorização por projetos individuais tem grande influência no adiamento da maternidade, porém, quanto mais elevada é a idade da gestante, maiores serão as chances de existir complicações. A mulher e todos a sua volta devem se conscientizar dos riscos que possam surgir na gravidez tardia, bem como realizar as consultas e os exames pré-natais durante toda a gestação, a fim de receber orientações e cuidados necessários.

pdf